Designer Descubra os hábitos que incapacitam de alcançar o SUCESSO

Designer: Descubra os hábitos que incapacitam de alcançar o SUCESSO.

Ser designer é ter uma profissão que pode ser um pouco ingrata! Quantas vezes não apresentamos uma proposta a alguém e recebemos como resposta “tenho um amigo que me faz isso muito mais barato, ele tem jeito para estas coisas”.

Assim à primeira vista, parece que estamos a brincar. Mas, esta é uma realidade muito comum nos dias que correm.

Mas, a par de toda esta dificuldade que é já imposta pela própria sociedade, os designers cometem erros (tal como as pessoas de qualquer área de atuação).

O problema é que na maior parte dos casos os mesmos acabam por se tornar hábitos que impedem que o sucesso seja alcançado.

Por esse motivo, hoje resolvemos abordar essa questão! Conheça de seguida alguns dos piores hábitos dos designers.

 

Designer: Será que é um daqueles que tem maus hábitos?

Todos nós temos hábitos, afinal somos seres humanos e as rotinas fazem parte integrante da nossa vida!

Contudo, quando temos profissões em que temos de responder diretamente a clientes, existem hábitos que têm de ser completamente erradicados da nossa vida!

Hoje apresentamos-lhe alguns! Se é designer e se se revir nos mesmos, está na hora de mudar a sua postura.

 

1. Nomes de ficheiros estranhos

Quem nunca cometeu o erro de enviar para o cliente um design de cartão de visita cujo nome era algo do género “arte_final_cliente_x”?

E porque é que isto é um erro? Porque provavelmente não vai ser a peça final. Todos os clientes vão pedir ajustes, reformulações e no meio de tudo o nome vai acabar por sofrer alterações.

Assim, evite desde já essa escolha de nome que inclua a palavra final. Acredite que a tendência vai ser entregar um ficheiro cujo nome será algo do género “arte_final_final_final_cliente_x”.

E isso, irá dar um péssimo aspeto ao seu trabalho.

 

2. Subestimar o tempo que um projeto demora

Este é um erro transversal à grande maioria das áreas digitais. Nunca subestime o tempo e o esforço que vai precisar alocar a determinado projeto.

Obviamente que no início vai cometer erros, no entanto, com o passar do tempo já será capaz de dar ao seu cliente uma estimativa realista do tempo que irá demorar a desenvolver determinado trabalho.

Acredite que mais vale dar um período temporal superior e surpreender positivamente o cliente com uma entrega antecipada, do que o contrário.

Por exemplo desenvolver o design de um roll up é completamente distinto do desenvolvimento de um flyer. É preciso ter noção do trabalho que cada peça dá a desenvolver.

 

3. Sabe a diferença entre arte e design?

A verdade é que existe uma grande diferença entre arte e design. Enquanto a primeira tem como principal intuito criar visuais para serem apreciados (como é o caso das pinturas que vemos em museus), o segundo tem como objetivo criar visuais úteis (como é o caso dos cartazes que vemos na rua).

Assim, um dos erros mais comuns de um designer é começar a trabalhar no design diretamente no computador, sem fazer esboços ou maquetes previamente.

A maior parte faz isso pois julga que vai estar a poupar tempo na conceção do trabalho! Mas, saiba de antemão que se trata de uma premissa falsa.

 

4. Não saber vender-se

Pode desde já parecer estranho, mas a verdade é que a grande maioria dos designers não se sabe vender, nem promover corretamente os seus trabalhos!

Pare e pense por uns instantes! Provavelmente os designers que recebem melhor, não são propriamente aqueles que fazem um melhor trabalho!

São aqueles que sabem como vender a sua própria imagem tal e qual como se de um serviço se tratasse!

Dica: tente analisar designers que goste, e perceba como é que os mesmos se promovem. Tente implementar esse tipo de promoção em si próprio. Vai ver que resulta.

 

5. Cobrarem menos pelo trabalho

Quando se trabalha em regime de freelancer é necessário fechar projetos uma vez que não existe um ordenado fixo ao final do mês.

No entanto, cobrar um valor completamente desajustado pelo seu trabalho é um erro, não só para si, como para todos os designers.

O fato de haverem pessoas a cobrarem entre 13€ a 50€ para criarem um logotipo ou um folheto, desvaloriza todo o trabalho dos designers profissionais.

Assim, pelo seu próprio bem, não cobre menos do que aquilo que o seu trabalho vale.

 

Agora já sabe quais os 5 hábitos que um designer comumente tem e porque é que os mesmos podem levar ao insucesso. Assim, se comete alguns destes erros, pare hoje mesmo!

 

Junte-se à nossa comunidade e receba em primeira mão as nossas dicas.




[social_warfare buttons="Facebook, Google, Twitter, Pinterest, Total"]

como ser um bom designer, design, design gráfico, designer gráfico


Filipa Cardoso

Filipa Cardoso

Sou apaixonada pelo que faço. Com uma formação base em Marketing, a área digital leva-me diariamente a precisar de aperfeiçoar os meus conhecimentos. Especialista em Marketing de Conteúdo e formadora em SEO. Adoro aprender e acredito que todos nós podemos fazer o que quer que seja, desde que haja esforço e dedicação.

Horário de Atendimento
Seg. a Sex.
9:00h - 13:00h
14:30h - 18:30h

+351 227 122 009