Fazer Etiquetas descubra quais os 5 ERROS básicos a

Conheça os 5 ERROS básicos ao fazer etiquetas

Quem diz que fazer etiquetas é simples, claramente que nunca teve de desenvolver uma! O design de um rótulo não é simples!

Como é óbvio existem projetos mais complexos que outros. Contudo para que seja desenvolvido um bom trabalho é essencial que o designer esteja atento aos pormenores.

Além disso, optar pela impressão numa gráfica em detrimento de o fazer em casa poderá ser uma enorme mais-valia para o seu negócio.

Mas, independentemente de ter um designer de excelência e a melhor gráfica do mundo, existem erros que dificilmente são detetados antes de o produto final chegar às suas mãos.

Assim, hoje resolvemos apresentar-lhe os 5 erros mais comuns ao fazer etiquetas. O melhor de tudo é que também lhe vamos explicar como é que os pode resolver. Continue a sua leitura.

 

Fazer etiquetas: Os 5 erros mais comuns e como os evitar

Fazer autocolantes personalizados para um negócio nem sempre é algo simples! E, contrariamente ao que possa pensar, existem erros muito comuns e transversais a quase todos os projetos. Conheça os 5 principais já de seguida.

 

1. As cores não estão iguais

Existem vários motivos pelos quais as cores das suas etiquetas depois de impressas não sejam iguais às cores que via no ecrã do seu computador.

Os principais são:

  • Má configuração de cores no monitor
  • Ficheiros são desenvolvidos com uma palete de cores erradas
  • A impressora não foi corretamente calibrada
  • O laminado, substrato ou verniz distorce a cor

Uma vez que a cor do seu design gráfico é essencial para o sucesso do seu produto, como resolver estes problemas com as cores?

Ora bem, é mais simples do que parece. Na grande maioria das vezes basta calibrar a impressora para que as cores impressas sejam o mais idênticas possível ao que é visível no ecrã.

Mas, para que isso seja feito é importante falar previamente com a gráfica de forma a que eles estejam a par dessa questão.

 

2. A imagem está desfocada

Existem vários motivos para que uma imagem fique borrada. Contudo, na grande maioria das vezes é um de dois motivos:

  • Erro de impressão
  • Erro de arquivo

Os erros de impressão ocorrem essencialmente devido a placas de impressão com defeito ou erros na forma como o arquivo foi guardado.

Já os erros de arquivos são essencialmente devidos ao uso de imagens que não têm resolução suficiente (existem vários formatos de imagem, por isso deve escolher a melhor).

Mas como resolver este problema? É simples!

Sempre que possível utilize imagens vetoriais já que as mesmas podem ser redimensionadas sem causar erros. E lembre-se, no caso de ter de usar imagens, opte pelas que têm pelo menos 300 dpi.



Junte-se à nossa comunidade e receba em primeira mão as nossas dicas.



 

3. As etiquetas não estão bem impressas

Fazer etiquetas é um processo que deve ser realizado de forma cuidadosa. Isto porque além do design é importante escolher material que se adeque à embalagem final.

Assim, antes de enviar os seus autocolantes personalizados para impressão, fale com a gráfica e perceba como será o processo.

Explique exatamente em que situações as etiquetas vão ser utilizadas. Desse modo a gráfica poderá ajudar a encontrar um material que se adeque às suas verdadeiras necessidades.

Irá assim evitar problemas de maior já que, embora os defeitos de material não possam ser evitados, as gráficas têm forma de evitar que esse material defeituoso seja enviado para si.

 

4. Os códigos UPC estão errados

Os códigos UPC são os códigos de barras comuns nos produtos de venda a retalho. E, contrariamente ao que muitas empresas fazem, é importante verificar se o UPC está a valorizar o seu produto, ou se pelo contrário está a tornar a compra mais complexa.

Assim, depois de fazer etiquetas para rotular os seus produtos, veja se estes códigos estão bem impressos, já que a maior parte dos problemas é devido a um mau tamanho do código de barras ou mau contraste de impressão.

De forma a garantir a qualidade dos códigos de barras deve pedir à gráfica que os verifique durante todo o processo. E isso é bastante simples de fazer.

Basta que façam a verificação com um projetor desenvolvido especificamente para esse efeito e que avalia se o mesmo está ou não a fazer uma digitalização bem-sucedida.

 

5. Problemas de aplicação

Um dos problemas mais comuns com a aplicação de etiquetas é que a direção em que as mesmas foram enroladas está incorreta. Contudo, também pode acontecer que o aplicador não tenha o tamanho correto.

Embora possam parecer detalhes, a verdade é que são problemas que podem facilmente ser evitados.

Basta para isso que comunique com frequência com o designer que está a desenvolver o seu projeto de artes gráficas da etiqueta e com a gráfica.

Assim garante que o pedido irá ser impresso tendo em conta todo o processo de etiquetagem e embalamento do produto final.

Acredite que embora possa parecer estranho é meio caminho andado para evitar problemas.

 

Agora que já conhece os 5 problemas mais comuns ao fazer etiquetas, está na hora de ter logo à partida alguns cuidados especiais de forma a não ter nenhum problema deste género.

Já descobriu as ofertas que temos para si?

Consulte esta página onde vai encontrar descontos nos nossos produtos - clique aqui.

autocolantes, autocolantes personalizados, como fazer etiquetas personalizadas, etiquetas autocolantes personalizadas, etiquetas de natal personalizadas, etiquetas personalizadas online, fazer autocolantes, onde encomendar etiquetas personalizadas, onde mandar fazer etiquetas personalizadas, stickers


Filipa Cardoso

Filipa Cardoso

Sou apaixonada pelo que faço. Com uma formação base em Marketing, a área digital leva-me diariamente a precisar de aperfeiçoar os meus conhecimentos. Especialista em Marketing de Conteúdo e formadora em SEO. Adoro aprender e acredito que todos nós podemos fazer o que quer que seja, desde que haja esforço e dedicação.

Horário de Atendimento
Seg. a Sex.
9:00h - 13:00h
14:30h - 18:30h

+351 227 122 009